quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ode às Mulheres


Somos mulheres de outra estirpe

Somos mulheres que não tem medo do vento ou do tempo

Somos mulheres banhadas nas águas vagas e imprecisas do

querer

Somos mulheres que acreditam

na força feminina que mexe o universo e todas nós

Força mística, suave,

densa e veloz

Somos mulheres que amam aqueles que comungam com o nosso misticismo e

que banhando-se em nossas águas

saem com o busto franco de límpido prateado

Somos mulheres que disseram sim,

sem medo de serem banidas do paraíso

Somos mulheres jovens, crianças e sábias

Muitas vezes cansadas, revigoradas, ingênuas,

perdem-se no ideário de seguir a outro ser

Algumas perdem-se de sua estirpe

Pois só nós temos isso,

O poder de levantarmos umas as outras

Só nós reconheceremos quem verdadeiramente somos.

Um comentário:

leila disse...

Mulheres e seus mistérios...
=) Gostei da poesia!

Saudade de vc.

:*

Eclética