segunda-feira, 31 de maio de 2010

Cinema Mudo


O anúncio é lixo

A certeza-anúncio é lixo elevado ao quadrado

Constituem seres que não sentem ao tocar

Abaixo da pele real existe a segunda obra

O verdadeiro ser...

Aquele que se alegra e se recente,

que coça a pele e a faz sangrar

É caleidoscópio pulsante,

que vocifera alucinante

sua jornada imprecisa

E segura este instante com tinta e papel,

teclado e editor de textos

Se vê artesão de palavras

encontrando outros seres,

que ainda sonham sem anúncios

Nenhum comentário: