quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Para quando o sol estiver mais claro


Nestes dias que nos aproximam mais do verão, aqui na América do Sul, e do término do ano, percebemos grande mudança na luz que vem irradiar pensamentos fortes de mudança, calor, alegria e leveza.

Esta é a minha idéia de verão: tempo em que o corpo não quer ter limites assim como a luz solar. Aliás é ela própria que nos convida a nos deliciarmos e ir em busca de temperaturas mais altas, água fresca, vento e amor.

Se fôssemos aves estáriamos agora começando os preparativos para migrar até áreas geograficamente mais quentes por um único motivo único, o acasalamento para fins de procriação.

Desejo que a claridade nos invada completamente e nos desnude com sua intensidade e calor de nossas máscaras e possamos modificar velhos paradigmas, que nos traga a serenidade necessária para encararmos nossos planos, sonhos e sermos mais livres e ligados aquilo que realmente importa...

AMAR, AGRADECER, COMPARTILHAR E SORRIR...MUITO!!!!!!!

Um comentário:

Carol disse...

Uma excelente percepção sobre o verão, numa abordagem agradável que nos remete ao mundo da reflexão...Amei o seu texto e aguardo as próximas estações.