terça-feira, 22 de novembro de 2011

Mistério da Vida

Minha alegria desta tarde está em muitas cores
Como num poema guardado a tantos anos...
De repente,
é doce mistério da vida,
não sei dizer

4 comentários:

Will disse...

Oi Deliane,

Que achado esse seu espaço. Além de bom gosto, é de uma sensibilidade encantadora.
Adorei as cores do teu suspirar.

Respeitoso abraço.

Clarice disse...

nossa...seus textos são ótimos!

Clarice disse...

nossa...seus textos são ótimos!

Deliane Leite disse...

Obrigada Clarice e Will pelos comentários...
Abraços.
Del.