sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014



GEOGRAFIA
inserida no meu peito...
Ponto de Partida, chegada e intermédio
Desejo em múltiplas formas
Vontade de inusitado cantares...
 Árvores e pássaros, em ninhos variados.
O lastro sutil que o tempo insiste 
em não querer apagar...
O capítulo 01, prelúdio de tantos outros, 
restrito às linhas do tempo,
às conversas, aos quadros, ao silêncio...
 gole tomado à vontade e a força
Tua sentença: 
escreva-se!!!

Nenhum comentário: