segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Alva



Todo mundo merece um caderno novo,
novinho...
Pronto para ser escrito, desenhado, adaptado em
pleno mês de outubro

Todo rosa tem um porquê doce,
ainda que incerto,
É ele que, em sua opacidade de fim de tarde,
enche minha vida de esperança.

Aceito...

Quero destilar as cores do medo,
apontar os lápis da melancolia
e molhar a ponta dos dedos nas tintas do desejo

Que me seja possível aceitar
as imperfeições do Branco...


Nenhum comentário: