quinta-feira, 15 de março de 2012

Para meu aniversário!


Amo escrever neste dia...
Não para ufanar-me da data ou
para contemplar o instante de nostalgia.
Amo escrever poesia hoje, porque nela é onde me vejo
Clara, numa sociedade de escuros
Intensa, num instante sem retratos
Pulsante, na caminhada cotidiana
E aqui recolho e espalho
Planto algo imaginário,
talvez uma semente para o futuro
Hoje, instante supremo
meu ato único...
Encontrar alguns amigos,
renovar sonhos juntos entre músicas e copos
Sentir a completude,
a unicidade
Graças a suprema poesia... VIDA!!!

Um comentário:

Will disse...

Poetisas merecem mesmo seu dia.

Parabéns!