terça-feira, 29 de março de 2011

O aprendizado de como ser leve...




A flor da pele: minha vida
Uma delicada rosa, às vezes, ferida
A essência de um brilho colorido
de ventos, incensos e sensato destino
Há profundesas nos versos
e nos gestos mais íntimos
Há risos delicados nas manhãs
e punhos cerrados diante da dor
Só a alma conhece poder e delicadeza
e os rege pela mesma mão
E congrega minha vida com a leveza
de uma canção

2 comentários:

zildete melo disse...

A flor da pele à flor da pele!
Lindo de viver! bj, z

Joice Furtado disse...

Que lindo! Muito bem escrito. Parabéns. bjusss