terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Que todos os sinos dobrem...


Nas estréias íntimas
Nas entranhas mínimas
Na saudade múltipla
Na loucura lúcida
No sonho real
Na busca inconsciênte e por isso mesmo consequente
No piso de onde observas teus atos
Na noite em que rires dos astros
No escorregão que damos nos vãos
No beijo
No abraço harmonioso
Na preguiça matutina
Nos olhares que buscam o coração
No acorde do meu peito
No olhar criativo das novas possibilidades

4 comentários:

Deliane Leite disse...

Hoje toquei um "sino": 5 meses de análise... Tinha dito pra mim que ainda tocaria o sino que fica na estante da terapêuta. Foi uma pequena celebração a este caminho de grande descobertas que continuarei trilhando. Obrigado por lerem este blog... Ele é de vocês!!! Beijos no coração

Leonardo B. disse...

Por minha grande falta de jeito, mas com o desejo de também partilhar o espírito desta quadra, partilho de Vitorino Nemésio, um outro Natal,

«Percorro o dia, que esmorece
Nas ruas cheias de rumor;
Minha alma vã desaparece
Na muita pressa e pouco amor.
Hoje é Natal. Comprei um anjo,
Dos que anunciam no jornal;
Mas houve um etéreo desarranjo
E o efeito em casa saiu mal.
Valeu-me um príncipe esfarrapado
A quem dão coroas no meio disto,
Um moço doente, desanimado…
Só esse pobre me pareceu Cristo.»

Com um sincero desejo de uma quadra plena,
Um imenso abraço,

Leonardo B.

Amarísio Araújo disse...

Deliane,

Vim aqui movido por uma curiosidade,dessas que o mundo dos blogues vive a nos despertar.
Aqui chegando,encanto-me logo com o nome,'Geografia do Desejo',insinuante para quem está a navegar.E,daí,tudo o mais me fascina.As citações,o perfil com os traços leves de alguém inteligente e sensível,e os versos sentidos que se misturam a imagens e cores que encantam.

Parabéns por este seu cantinho (carinhosamente),moça!É um lugar bom de chegar,de ficar,viajar e se encontrar perdido.

Que os sinos continuem a se dobrar.
Nos acordes do meu peito,uma simples e sincera reverência a você e o desejo de voltar mais vezes para apreciar as suas belas criações.

Um beijo carinhoso.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Hoje a minha visita
é para agradecer.
Cada visita sua ao meu espaço
de sentimentos,
inspira alegrias em
minha vida,
e leva o que de melhor
existe em mim.

Sua amizade é preciosa
em minha vida,
e há de continuar a ser
neste novo ano
que está nascendo.